sábado, 18 de agosto de 2012

O que você faria se não tivesse medo?



Todos temos algum tipo de medo. Seja dos mais comuns como o medo escuro, do sobrenatural, de falar em público ou de alguns diferentes como o medo do vento e de dançar (conhecidos –ou não- como, respectivamente, Anemofobia e Corofobia).

Esta sensação que vem desde os primórdios do ser humano é uma das responsáveis por nos manter vivos e alertas. Ela é proporcionada geralmente pelo receio de fazer algo, principalmente quando nos sentimos ameaçados.

No entanto, é comum também que nossos medos estejam ligados as nossas próprias atitudes. Diversas vezes deixamos de fazer algo por medo. Medo da reação das pessoas, das consequências, de ser julgado, se expor ou apenas por pensar na chance de dar errado.

Somos submissos dos nossos medos, dessa forma limitamos as nossas possibilidades e acabamos por viver dentro de um quadrado demarcado por nós mesmos. Transgredir as linhas desse quadrado seria quebrar os próprios limites que nos impomos.

Então, muitas vezes penso: E se conseguíssemos transgredir essa linha? E se eu não tivesse medo?

Eu, provavelmente, diria tudo o que eu penso as pessoas. É nessas horas que agradeço a existência do medo, para não transformar minha vida em um caos. E, seguindo essa mesma brincadeira, eu assistiria alguns filmes de terror no escuro.

Aproveitando a deixa, para a volta das postagens no meu blog, deixo essa brincadeira:

E você, o que faria se não tivesse medo?

23 comentários:

Anônimo disse...

eu ia fazer das ruas da minha cidade um autódromo e correr ultrapassando todo mundo, furando sinais e nem aí pras multas :)

Rejane Ferreira disse...

Eu não sei o que faria se não tivesse medo, pq não sei o que tenho medo de fazer.

Gostei do blog. Parabéns!

Abraços. =)

Léo disse...

Não queria ser destemido por que as vezes superar nossos medos é uma sensação tão boa. Mas se n]ao tivesse medo provavelmente desistiria da faculdade por enquanto e viajaria por aí pedindo carona.
Abç

Victor Lourenço disse...

Se não tivéssemos medo, não existiríamos.

Matheuslaville disse...

Concordo com Victor Lourenço muita gente já estaria morta...

Anônimo disse...

Let me see...

Acho que eu ia sair dançando no meio da rua :O

Gostei do bloog !!

Stephanie.

Blog do Italo disse...

eu acho que eu seria bem mais feliz kkkkk

Anônimo disse...

pularia de asa-delta *-*

mas esswe "medo" já está sendo superado, logo logo pularei o/

Blog do Italo disse...

superar um medo é uma vitoria

palavras ao vento disse...

se não tivesse medo...acho que todos nós estaríamos mortos...afinal medo não é não ter coragem mas sim saber a hora certa de poder ver com mais cuidado a vida...

Anônimo disse...

Bela volta!!
Estou vendo q vem muitas coisas boas por aí...

E nada melhor do que começar falando do medo, n podemos ser dominado por ele, mas sem ele seriamos mais loucos e inconsequntes do que já somos -rs
Ele é...muitas vezes...um modelador de nossas vidas!!

Carol

Jorge disse...

Parabéns, Thai, muito bom o texto, bela volta! :D
Acho que sem o medo eu não descobriria nunca minha capacidade de superação, o medo é um estimulante natural, eu prefiro tê-lo a me sujeitar ao caos e comodidade!

Lucas Adonai disse...

Poxa, muito legal!

Débora Cândido disse...

Se eu não tivesse medo, acho que eu finalmente andaria em uma montanha russa. rs.
Os medos fazem parte da vida, ruins ou não, de alguma forma eles nos ajudam a por em ordem aquilo de somos. A nos impor limites.
Amei o texto e todo o blog. Parabéns!

rodrigobandasoficial disse...

Eu seria um garoto frustado. Porque medo faz parte da pessoa e da existencia da gente.
Otimo post.
bjão

rodrigobandasoficial.blogspot.com.br/

Artur disse...

Com certeza eu iria ser bem mais descontraído e feliz.
Muitos me chamam de anormal pelo medo extremo que possuo. Sabe aquele momento que você vai fazer tal coisa e da um medo tamanho e começa a suar frio? E como resultado vem: Ah, não queria mesmo / não tava precisando afinal / whos cares?
AAAAAAAAH NEGA, e ocorre nas melhores horas do dia.
Ótima postagem. E esse filme de terror a noite?! HAHA

Luan dos Santos disse...

Concerteza eu seria mais feliz!
Fazendo coisas que tenho medo de fazer, necessariamente, de falar!

É como voce disse, é preciso quebrar essa linha!
A partir de hoje, vou vim aqui ler seu texto toda vez que eu travar novamente!

Duo Postal disse...

O medo é o precursor do fracasso!!!

http://duo-postal.blogspot.com

Everton disse...

Tathay! Muito bom o texto, faz a gente pensar mais sobre nossos medos e como saber lidar com ele. Muito bom o blog, continue postando :D

M.alves disse...

sei uma maquina...

www.conecteworld.tk

Flávio Junio disse...

Congratulations pelo blog. Muito interessante do conteúdo ao design do projeto. Acabo de me tornar seu seguidor, se puder dar uma força pra mim também, aqui está a página do meu site no face
https://www.facebook.com/oivalfnocinema
e este é o endereço dele: www.cineprise.com.br

Grande abraço! Flavio

Anderson Macieira disse...

Falaria tudo o que penso a qualquer que merecesse ouvir rsrs

Guru do Metal disse...

o medo faz parte do ser humano, e foi feito para ser superado, claro que o medo nos mantêm vivos em situações muito perigosas.

Postar um comentário